Alimentação durante viagens

Em viagens, geralmente os prejuízos para a composição corporal ocorrem porque a tendência é comermos mais e pior (mais frituras, gorduras, doces, etc.), mas acho que isso faz parte do processo já que conhecer outras culturas também engloba ter contato com a culinária local. É lógico que não se deve fazer isso em todas as refeições do dia e uma certa moderação é sempre bem vinda.

Mas, além de comer pior, outros 2 pontos acabam desfavorecendo a manutenção da massa muscular e o controle da gordura corporal:

– Os intervalos entre as refeições acabam ficando muito longos;

– A ingestão de proteínas acaba sendo insuficiente e/ou fica mal distribuída ao longo do dia.

dieta viagens red

Isso tudo, somado ao fato de andarmos o dia todo “turistando” pelas cidades, é um prato cheio para perder a massa muscular que foi adquirida com muito suor e treino.

Vou dar uma dica do que faço para amenizar essa perda nas minhas viagens. Sempre eu conto o número de dias e levo 2 coqueteleiras, uma com as doses de whey suficientes e outra vazia para fazer os shakes. Não tem horário certo para tomar, mas o whey pode ser usado para complementar a ingestão protéica do café da manhã, ou entre as refeições principais para evitar jejum prolongado e até antes de dormir, caso a última refeição tenha ocorrido muito tempo antes de ir deitar.

As barras de proteínas também são opções, mas é importante ler o rótulo pois muitas têm alto teor de gordura e adição de açúcar, xarope de glicose, glicose de milho, etc. Para quem vem de uma rotina intensa de treinos e vai ficar alguns dias sem treinar, manter o consumo de BCAA, Glutamina e creatina pode ser bastante útil e isso deve ser analisado e orientado pelo seu nutricionista.

Garantindo a manutenção da massa muscular e mantendo o metabolismo acelerando, toda a retenção hídrica e a gordura adquiridas na viagem sairão naturalmente ao retomar a rotina de treino e dieta, sem a necessidade de dieta detox, zero carbo, etc.

*Essa foto foi de parte do meu café da manhã de uma viagem que fiz a Buenos Aires.

Por Nutricionista Renato França

– Diplomado pelo The Institute for Funtional Medicine (EUA)

– Especialista em musculação e treinamento de força pela UnB

– Sócio-proprietário da Clínica de Nutrição Esportiva e Funcional Renato França em Brasília – DF

– Instagram @nutricionistarenatofranca

Facebook.com/clinicadenutricaorenatofranca

WhatsApp chat